Eleição é marcada, mas exclui seis candidatos

Juíza de Mauá autoriza pleito e determina exclusão de candidatos que queriam disputar reeleição na cidade. A data da eleição do Conselho Tutelar de Mauá foi definida para o dia 5 de fevereiro, mas deixou seis candidatos de fora. Conselheiros afastados que tentariam a reeleição foram impedidos de disputar o pleito, mesmo após ter feito campanha. A decisão foi tomada pela juíza titular da Vara da Infância e Juventude da cidade, Maria Goretti Becker Prado.

A escolha dos novos conselheiros deveria ter acontecido em novembro, mas devido uma mudança na lei, que organiza a eleição, foi cancelada. A Câmara Municipal votou a retirada de um artigo que determinava que os conselheiros interessados em se reeleger deveriam renunciar para participar do pleito – prática nunca realizada no município.

Na época, o CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) pediu o afastamento dos interessados até que a pendência jurídica se resolvesse. Por fim, a juíza responsável determinou que não poderiam disputar mais as vagas. O Judiciário entendeu que a nova legislação, mesmo que aprovada, só poderia passar a valer no ano seguinte e por isso fez os cortes.

A presidente do CMDCA, Vanderli Maria da Silva, afirmou que os candidatos estavam cientes do risco. “Sei que estão chateados, pois eu também estou. Por mais que nunca tenha sido aplicado, eles conheciam a lei.”

A ex-conselheira Cristiane Dornelas, de 31 anos, afirmou que não quer julgar a decisão, mas que está se sentindo prejudicada. “Fazíamos nosso trabalho com amor, mas neste momento não será mais possível. Pretendemos ir atrás dos nossos direitos.”

Ainda segundo Cristiane, havia sim o conhecimento da lei, mas como nunca havia sido aplicada não houve renúncia. “Nos inscrevemos e fizemos a prova. O próprio CMDCA atestou que estávamos aptos a exercer a função. Mesmo assim tivemos a candidatura cancelada”, lamentou.

Votação

A cidade terá 16 postos de votação em escolas municipais e qualquer pessoa poderá votar. É preciso apenas levar o título de eleitor e um documento com foto. Caso você esteja insatisfeito com os candidatos, e está se perguntando como anular o voto, leia mais! Para anular o seu voto, você tem que ter noção que a eleição não será anulada. Sendo assim, você deve ir até o local de votação e digitar na urna um número que não corresponde a nenhum candidato ou partido político.

Renda extra para trabalhadores de setor privado

Para boa parte dos trabalhadores, o Programa de Integração Social (PIS) representa uma renda extra muito bem-vinda, sendo uns dos benefícios sociais mais aguardado pelo os trabalhadores durante o ano.

Criado nos anos 70 e com um processo continuo de aprimoramento, o programa buscava a integração do empregado do setor privado com o desenvolvimento da empresa, e é de direito dos trabalhadores em regime de CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) que recebem até dois salários mínimos de maneira mensal. Mas grande parte das dúvidas dos trabalhadores se resume em apenas uma pergunta: Como consultar PIS 2020?

Primeiro é importante saber que o pagamento dos valores referente ao PIS é de responsabilidade da Caixa​, e caso o trabalhador tenha direito ao benefício, é possível realizar a consulta do extrato do PIS 2020 por 4 meios diferentes: pelo portal Caixa Cidadão, pelo telefone de atendimento da Caixa, nas agências pelo atendimento pessoal, ou no caixa Eletrônico.

Consultar pela internet

Para os trabalhadores que tem interesse em consultar PIS pela internet, basta acessar o site da Caixa Econômica Federal (http://www.caixa.gov.br), clicar na aba Benefícios e Programas, e em seguida na opção PIS, então você será redirecionado para a página onde pode tirar suas dúvidas sobre todo o programa. Clique na área de consultar de pagamento, e pronto. Agora com a numeração do seu PIS você irar efetuar um cadastro com uma senha de uso pessoal, que você usara para o acesso.

Depois de cadastrar a sua senha e efetuar login no site da Caixa, a pagina abrira todas as informações sobre seus benefícios, como extrato FGTS, PIS e Seguro Desemprego, para que você possa consultar todas as informações, incluindo os valores destes benefícios.

Consultar em agências da Caixa

Caso você julgue mais fácil consultar PIS em uma agência da Caixa, basta comparecer a qualquer agencia da Caixa Econômica Federal, portando um documento original de identificação com foto e solicitar a consulta do saldo do benefício. Você também precisa ter em mãos o seu número do PIS, que consta no seu cartão do cidadão ou na sua carteira de trabalho.

Consultar no Caixa Eletrônico

Já para os interessados em consultar PIS no Caixa Eletrônico, saiba que esse procedimento também pode ser realizado caso você compareça pessoalmente em qualquer casa lotérica, posto de atendimento credenciado Caixa PIS ou nas próprias agências da Caixa Econômica Federal.

Mas é necessário que você tenha a sua senha cadastrada para poder realizar a consulta. Caso você não tenha a senha de acesso, compareça a uma agência da Caixa Econômica Federal, solicite a senha de cadastro.

Consultar pelo Telefone

Uma outra maneira de consultar PIS é entrando em contato com o atendimento ao cliente Caixa Econômica Federal, para isso basta ligar para o número 0800 725 0505, e ao falar com o atendente solicite a consulta do PIS, ele fara a consulta para ver ser você tem direito ao benefício, caso você tenha direito, ele também informará a data disponível em calendário para retirada do seu Abono Salarial.